Seu pet e os muitos cuidados durante a pandemia

A importância de tentarmos manter todos os cuidados com o seu pet nesse momento de pandemia é imprescindível!

Seu pet e os muitos cuidados durante a pandemia | Rota Uniprag

No início do inverossímil mês de maio de 2020, uma cliente nos liga buscando um serviço de controle de carrapatos para livrar seu pet do tormento da infestação durante a quarentena. Uma ligação comum e de rotina chamou atenção por um único detalhe.

Sempre que atendemos serviços que visam o bem estar de pequenos animais, realizamos um pequeno diagnóstico junto ao seu tutor para saber sobre nível de infestação no ambiente e no animal, raça, idade, se o animal já iniciou o tratamento supervisionado por um Médico Veterinário (sempre reforçamos essa importância), se foi acometido por alguma doença, e indagamos também sobre a rotina de trajetos dele fora do seu lar.
Nesse último quesito, a cliente respondeu: Desde março ele não vai para lugar nenhum, apenas para o pet shop tomar banho. E completou com a seguinte frase: Essa semana iremos da o banho em casa depois de nove anos, pois estamos evitando qualquer tipo de saída. Para contextualizar; estamos em Recife, Pernambuco, um dos estados severamente afetados pelo novo corona vírus, que até o fechamento deste texto contabilizava mais de 3 mil mortes pelo Covid19.

O objetivo aqui não é discutir sobre o melhor a fazer no caso do banho. Nem compete a nós. Obviamente um serviço profissional gera muito mais segurança para o animal, a questão é como nos surpreendemos com a quebra e a abrupta mudança nas nossas rotinas. Tanto pelo fato de não pararmos para avaliar a quanto tempo repetimos determinados procedimentos, como pelo fato de algo tão simples como um banho ao nosso querido companheiro nos impactar como evento.

Em meio a todas as discussões se os cães e gatos podem ou não se contaminarem pelo Sars-Cov-2 e transmitirem a enfermidade aos seres humanos, a única coisa certa é que a pandemia trouxe inúmeros ajustes na relação com esses amados e mimados bichinhos. Desde o tempo de contato com eles nessa nova rotina de isolamento, e que obviamente eles estão adorando, passando por experiências de banho em casa, ausência de passeios, estresse causado pelo confinamento, entre outras diversas mudanças. Ou seja, se por um lado seus tutores e toda família estão ali disponíveis para arremessar mais vezes brinquedos e bolinhas, por outro lado eles saem raramente e são desafiados a descansar somente quando o último brilho das telas de TV, computadores e celulares se apagam dentro das casas. Achou que sua rotina está esquisita? Pense nos pequenos e organize formas de melhorar sua vida, pois pra eles o entendimento sobre essa avalanche chamada pandemia, é impossível de ser decifrado.

Seu pet e os muitos cuidados durante a pandemia | Rota Uniprag

Quanto ao atendimento ao problema da presença das pragas, é importante mencionar que os serviços de controle de pulgas e carrapatos, ou de dedetização de carrapatos como ainda é conhecido do grande público, funcionam normalmente durante a quarentena por se tratar de um serviço essencial e indispensável à sociedade. Obviamente que o processo tem sofrido ajustes, tendo muitas vezes de ser realizado em algumas etapas, tal a impossibilidade das famílias se ausentarem completamente das suas casas durante o isolamento. Lógico que a depender da unidade UNIPRAG buscada por você, os protocolos de atendimento podem ser diferentes, uma vez que há cidades com poucos casos de contaminados e baixíssimo número de óbitos, e consequentemente com protocolos flexíveis e vida mais próxima do “novo normal”.

Permaneça atento as demandas do seu pet. Muito do que foi comentado aqui de forma isolada já pode gerar um nível de estresse que resulte em agressividade, perda de apetite, ou até o transforme em um repentino destruidor de móveis e objetos. Imagine se todos os fatores se somarem?
Se você realmente precisar sair com ele e sua cidade não estiver com medidas mais restritivas como por exemplo o “Lockdown”, não deixe de redobrar o cuidado para que ele se mantenha afastado de superfícies evitando o contato com seus pelos, higienize de forma eficiente suas patas antes de cruzar a fronteira do hall ou quintal, pra dentro de casa. A higienização deve ser realizada com água e sabão neutro e os cuidados devem se estender por uma secagem eficiente das patas para evitar fungos.

A tese mais provável e mais robusta até o momento é que os animais não contraem e transmitem a doença, mas podem sim ser vetor da contaminação em superfícies.

Há enorme discussão se realmente o caso do gato belga identificado como o único contaminado, teve mesmo a Sars cov2. Por falta de informação e total ignorância, animais foram abandonados e pasmem, até sacrificados nos primeiros momentos de disseminação da doença.

Fale com uma especialista do assunto

O controle dessa praga que comentamos (ainda buscado como dedetização de carrapatos), pode ser requisitado normalmente durante a quarentena através da central (81) 3312-1313. Ligue ou entre em contato conosco!

LIGUE PARA A UNIPRAG MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo:





Pin It on Pinterest

Share This